Download Microsoft Visual Studio® 2010 Beta

Visual Studio 2010

A “home page” mudou e ao que tudo indica a promessa de que a nova versão da IDE seria construída com o Windows Presentation Foundation (WPF) foi cumprida.

Diagramas UML

Um novo tipo de projeto foi adicionado no Visual Studio 2010: Modeling Project. Dentro dele é possível criar seis tipos de diagramas UML: casos de uso, atividades, camadas, sequência, componentes e classes.


Novo tipo de projeto: Modelig Projects


Diagramas UML

Não vou detalhar cada um dos diagramas aqui pois esse é assunto para outro(s) post(s). O fato é que a criação deles está bem flexível e simples. Para criar um diagrama de sequência, por exemplo, basta adicionar um novo item do tipo Sequence Diagram, criar objetos Lifeline e definir as mensagens.


Diagrama de sequência


Diagrama de atividades

Ferramentas para banco de dados

Parece que a realidade brasileira não é só nossa. A Microsoft percebeu que o desenvolvedor .NET por mais especialista que seja na plataforma sempre precisa escrever alguma query SQL ou manipular o banco de dados. Logo, não havia sentido para existir uma versão do Visual Studio para desenvolvedores e outra para DBAs.

No Visual Studio Team System 2010 todas as funcionalidades do Visual Studio Database Edition foram incorporadas à Developer Edition. Agora o desenvolvedor .NET poderá realizar diversas tarefas com o banco de dados, tais como: comparação de schemas, comparação de dados, refatoração, etc.


Ferramentas de banco de dados para os desenvolvedores

Ps: isso já é possível nas versões 2005 e 2008 do Visual Studio, entretanto não faz parte da instalação padrão da IDE.

Ferramentas para arquitetos

Um dos itens mais interessantes do Visual Studio 2010 é o avanço que ele sofreu na área de arquitetura. Um novo recurso chamado Architecture Explorer permite que arquitetos e desenvolvedores naveguem pelo código fonte de uma forma muito simples, como se fosse uma navegação entre as áreas de um site.


Navegação pelo sistema através do Architecture Explorer

Também no Architecture Explorer é possível visualizar um diagrama de dependência de chamadas (call dependency). A idéia por trás desta funcionalidade é apresentar para os arquitetos e desenvolvedores uma imagem dos relacionamentos que existem dentro do sistema. Desta forma, eles podem prever qual é o impacto que uma alteração terá em determinado componente.


Diagrama com os relacionamentos entre componentes

Outra funcionalidade também disponível no VSTS 2010 é a validação da arquitetura (architectural validation). Através dela é possível definir um conjunto de camadas na aplicação e aplicar restrições sobre elas. Em um modelo três camadas, por exemplo, onde há apresentação, negócio e persistência será possível restringir o acesso a classes da terceira camada na primeira. Tudo isso verificado em tempo de compilação.

Gerenciamento de projetos e processos

Foram feitas diversas melhorias referentes aos itens de trabalho (work items). Já comentei há algum tempo sobre algumas delas em outro post, mas agora vou apresentar algumas imagens também.

O resultado da query realizada nos itens de trabalho pode ser exportado para o Excel ou Project através de um novo botão. A mesma funcionalidade já existia com um clique do botão direito do mouse sobre a lista de itens.


Opção para exportar para o Excel e Project

Os campos description e history dos itens de trabalho agora suportam rich text editing, ou seja, é possível formatar o texto utilizando diversos recursos (negrito, itálico, lista ordenada, configurações de fonte, etc).


Cadastro de itens de trabalho com rich text editing

Na hora de adicionar um item de trabalho é possível defini-lo como um Linked Work Item, ou seja, um item de trabalho ligado a outro. Essa funcionalidade foi criada para suportar algo que há tempos o pessoal já precisava: itens de trabalho hierárquicos.


Linked Work Item

Para visualizar a hierarquia entre os itens de trabalho deve-se alterar o parâmetro Type Query da pesquisa. O valor dele deve ser Tree of Work Items.


Itens de trabalho hierárquicos

Sobre processos, ao criar um novo Team Project, que nada mais é do que um projeto no controle de versão, algo que me chamou atenção foi a mudança nos nomes dos templates.

O MSF for Agile foi renomeado para VSTS Process for Agile. Não consegui encontrar na internet uma documentação sobre o assunto, então vou esperar antes de comentar algo mais sobre este item.

Team Build

O team build foi completamente remodelado para usar o Workflow Foundation (WF) na elaboração dos fluxos.


Configuração da build através do WF


Toolbox para configuração da build


Visual Studio 2010 Beta 1 download

Professional

Visual Studio 2010 Professional Beta 1 – Web Installer

Visual Studio 2010 Professional Beta 1 – ISO

Team System

Visual Studio Team System 2010 Team Suite Beta 1 – Web Installer

Visual Studio Team System 2010 Team Suite Beta 1 - ISO

Visual Studio Team System 2010 Test Load Agent Beta 1

Visual Studio Team System 2010 Team Foundation Server Beta 1

Microsoft Visual Studio Lab Management 2010 Beta 1

Visual Studio Team System 2010 Lab Agent Beta 1

.NET Framework

Microsoft .NET Framework 4.0 Beta 1

Microsoft .NET Framework 4.0 Client Profile Beta 1

Other bits

Microsoft Visual Studio 2010 Remote Debugger (Beta 1)

Visual Studio 2010 Shell (Integrated) Beta 1 Redistributable Package

Visual Studio 2010 Shell (Isolated) Beta 1 Redistributable Package

Partilhar no Google Plus

0 comentários :