Bill Gates - Aprender é na Internet, esqueçam as Universidades

Durante a conferência Techonomy que se realizou em Lake Tahoe, Bill Gates afirmou que o futuro da educação terá como base a Internet e não nas Universidades ou outras escolas com o mesmo grau. Mais curioso que esta afirmação, foi o facto de Bill Gates ter referido que este cenário (futuro) chegará em menos de 5 anos.

“Em 5 anos os utilizadores vão poder encontrar as melhoras palestras (educacionais, semelhantes as aulas) de todo o mundo, e isso será melhor que qualquer Universidade isolada”, referiu Bill Gates.

Segundo a visão de Bill Gates, tal cenário acontecerá devido a duas questões essenciais:

  • As Universidades  tornar-se-ão muito dispendiosas para os estudante, especialmente para os estudante que tenham poucos recursos financeiros.
  • Por outro lado, Bill Gates acredita que os livros universitários  intimidam actualmente os estudantes, por exemplo livros de matemática com 300 páginas. Ele reforça que os orientais (asiáticos principalmente) possuem livros que possuem um terço do número total de páginas dos equivalentes ocidentais e mesmo assim os estudantes orientais, como cérebros, já estão a superar os estudantes ocidentais.

O raciocínio de Gates baseia-se no pressuposto de que a educação longe das salas de aula devem ser obrigatoriamente contabilizadas como créditos. Portanto, se por exemplo o MIT recorresse a cursos na Web, um estudante seria capaz de estudar o seu conteúdo em casa e ganhar crédito por isso. E o custo? Gates acredita que dos actuais US$ 50.000,00 por um curso presencial de 4 anos, poderiam resumir-se a US$ 2.000,00 por um curso completamente à distância.

Bill Gates referiu ainda que a tecnologia é a única forma de voltar a trazer a educação de qualidade.

Ver mais:
- Bill Gates: In Five Years The Best Education Will Come From The Web

Partilhar no Google Plus

0 comentários :